Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Geadas causam prejuízos para os produtores de fumo do RS

Em algumas propriedades, os agricultores já se preparam para replantar. Associação dos Produtores aposta em um grande prejuízo.

Geadas causam prejuízos para os produtores de fumo do RS

As geadas deste mês causaram prejuízos para os produtores de fumo do Rio Grande do Sul. Tem propriedade que vai precisar refazer o plantio.

Na propriedade de Vandir Blank, que fica em Vera Cruz, região central do Rio Grande do Sul, o plantio está atrasado. A família resolveu não arriscar por causa da previsão do tempo.

Já na propriedade de Custódio Schmidt, que fica no município vizinho de Vale do Sol, as lavouras foram plantadas no início do mês.

A geada prejudica principalmente as mudas mais jovens, que estão a menos tempo na lavoura. Algumas que tinham 15 dias resistiram, mas em outra parte, 5 mil mudas terão de ser replantadas.

As mudas de apenas cinco dias tiveram as folhas queimadas pelo gelo, ainda no meio de agosto, quando aconteceram as geadas mais fortes. “Foi perdido bastante, mas temos que esperar a chuva para ver se tem que replantar ou não, o que vai faltar e quanto vai faltar”, diz Custódio.

Metade da área destinada ao fumo já foi cultivada, no Rio Grande do Sul. A Associação dos Produtores ainda não calculou as perdas, mas aposta em um grande prejuízo.