Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Seca prejudica produção agrícola e leiteira de São Paulo

Na região de Barretos, banana, laranja e milho foram afetados. Em Araraquara, pastagens e produção leiteira diminuíram bastante.

Seca prejudica produção agrícola e leiteira de São Paulo

A seca está prejudicando a produção agrícola em São Paulo. Na região de Barretos, a banana, a laranja e o milho são as culturas mais afetadas.

A estiagem prolongada frustrou a expectativa de uma boa safra de banana nanica no sítio de João Taveira. Ele tem 120 pés plantados em Barretos, no nordeste de São Paulo, mas parte da lavoura está seca.

A situação se repete na maioria dos sítios dos 700 pequenos agricultores da região. As folhas do pomar estão ressecadas e as laranjas, apodrecendo antes da colheita. Paulo Faioto pretendia colher 16 mil caixas da fruta, mas agora a previsão é pessimista. “Teremos prejuízo em torno de 30% na produção de laranja”, diz.

Para não perder completamente a produção, uma parte teve que ser irrigada. Nessa parte da lavoura, as folhas estão mais verdes, maiores, e a fruta, praticamente tem o dobro do tamanho se comparada com as que estão na parte seca. O problema é que o sistema de irrigação encarece os custos para o produtor. O equipamento custou R$ 60 mil e irriga o pomar três vezes por semana, medida de emergência na área que sofre com a seca.

Do início do ano até agora, choveu apenas metade do esperado para o período e as lavouras de milho também não se desenvolveram e a colheita está comprometida.

A seca também prejudica pastagens e produção leiteira de São Paulo. Na região central do estado, como no município de Araraquara, as vacas perderam peso e estão produzindo menos.