Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Na região oeste do PR, agricultores aceleram a colheita do milho safrinha

Estado sofreu fortes chuvas nas últimas semanas. Apesar disso, os produtores afirmam que as perdas são pequenas.

Na região oeste do PR, agricultores aceleram a colheita do milho safrinha

Agricultores do oeste do Paraná aceleram a colheita do milho safrinha. Os grãos resistiram bem à chuva que atingiu o estado no começou do mês e agora com o milho seco no campo, a máquina não para.

Francisco Salvatti tem fazenda em Cascavel e só estava esperando o sol surgir para colher os 200 hectares que semeou. Os primeiros resultados estão deixando o produtor animado.

O Paraná sofreu com as fortes chuvas nas últimas semanas, alagamentos e vendavais foram registrados principalmente no campo, mas apesar disso, os produtores afirmam que as perdas estão sendo pequenas.

O Departamento de Agricultura do Paraná deve divulgar, até o fim do mês, um novo balanço da safra, já calculando as perdas provocadas pela chuva.

Em todo o estado foram plantados 1,9 milhão de hectares, 12% a menos que na safrinha passada. A estimativa é colher quase 10 milhões de toneladas.

 

A qualidade do grão e a produtividade estão boas, conforme garante o engenheiro agrônomo da Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Coopavel), Mário Melo.

O agricultor Célio Schmitz está tendo um resultado um pouco melhor que no ano passado, o único problema que desanima os produtores é o preço do milho no mercado. “Não é o que a gente esperava, hoje o preço está em R$ 19,50 e praticamente vamos ficar sem lucro”, diz.