Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

No Paraná, inverno rigoroso de 2013 garante boa produtividade do kiwi

Fruta tem sido uma boa alternativa de renda para os pequenos produtores. Expectativa é de uma safra recorde em Mallet, com 280 toneladas.

No Paraná, inverno rigoroso de 2013 garante boa produtividade do kiwi Agricultores da região dos Campos Gerais, no Paraná, devem colher uma boa safra de kiwi. Como a fruta precisa de frio, o inverno rigoroso, do ano passado, ajudou a garantir uma boa produtividade. Ela é exótica e uma das poucas frutas de coloração verde quando madura por causa da concentração de clorofila. Cresce  o consumo do kiwi e também a produção. A expectativa é de uma safra recorde em Mallet, com 280 toneladas. O frio intenso do último inverno e incentivos aos produtores fizeram com que o número de propriedades com pés da fruta se multiplicassem nos Campos Gerais. Mallet ainda não é o maior produtor de kiwi do estado, fica atrás de Antônio Olinto, também na região centro sul do Paraná. A produção da fruta garante uma alternativa de renda para os pequenos produtores da cidade. Muitos produtores trabalhavam com o fumo e o kiwi entrou como uma aposta, uma alternativa de produção. A família dos irmãos Arcizo e Alfredo foi a pioneira, há 23 anos. Da propriedade deles, devem sair 40 toneladas da fruta. “Este ano, a produção está melhor porque tivemos até neve no inverno”, diz Alfredo Drewnowsky. Os produtores também aproveitam o kiwi pra produzir outros produtos, como geleias, vinhos e licores. O vinho tem um dos processos de fermentação mais demorados, em torno de um ano, até ficar no ponto de degustação. As delícias de Mallet estão ganhando o mercado e a produção abastece os supermercados da região e as Centrais de Abastecimento de Curitiba e de São Paulo.