Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Ambev diz que terá de repassar alta de imposto para preço da cerveja

Em abril, empresa anunciou preço de cerveja congelado até o fim da Copa. Ambev diz que não definiu se reajustará ou não os preços antes da Copa.

Ambev diz que terá de repassar alta de imposto para preço da cerveja

Em teleconferência realizada nesta quarta, o diretor vice-presidente Financeiro e de Relações com Investidores da companhia, Nelson Jamel, disse que a empresa ainda não definiu se haverá algum repasse antes do início da Copa.

"Não daremos detalhe sobre quando aumentaremos ou quanto aumentaremos (os preços). A única garantia é que vamos repassar o aumento de tributos a entrar em vigor em 01 de junho em algum momento", disse o executivo.

O portifólio de cervejas da companhia reúne as marcas Skol, Antarctica, Brahma, Bohemia e Original.

Na semana passada, a Receita Federal divulgou ajuste na tabela de tributação sobre bebidas frias, prevendo impacto médio de 1,3% no preço de cervejas e refrigerantes.

A mudança, que valerá a partir de 1º de junho, chega na sequência de uma elevação dos impostos sobre bebidas frias divulgada pelo governo federal no início de abril, com atualização no redutor que define a tributação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do PIS/Cofins.

A Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) afirmou ter sido surpreendida com a segunda alta dos tributos em menos de um mês e disse que contabiliza em mais de 30% o aumento de impostos do produto desde abril do ano passado.

 

Empresa diz que investirá menos em 2014

A Ambev afirmou ter revisado sua projeção de investimentos no Brasil para menos de R$ 2,8 bilhões em 2014, abaixo da cifra do ano passado e do anunciado anteriormente para este ano, após o governo federal elevar impostos do setor.

"Dada a decisão do governo federal em aumentar os impostos em junho e o respectivo impacto nos preços ao consumidor à medida que implementamos os ajustes de preços correspondentes, esperamos um efeito negativo para os volumes da indústria", disse a Ambev nesta quarta em comunicado sobre o desempenho da empresa.

A Ambev reportou ter registrado lucro líquido de R$ 2,597 bilhões nos três primeiros meses do ano, ala de 9,4% na comparação com 2013.