Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Chuva em boa quantidade, anima os agricultores de Sergipe

Muitos estão preparando a terra para o plantio do milho. Sementes estão prontas para ser plantadas depois da próxima chuva.

Chuva em boa quantidade, anima os agricultores de Sergipe Em Poço Verde, no sertão de Sergipe, os agricultores estão preparando a terra para o plantio do milho. A chuva que o agricultor precisava para começar a preparar a terra chegou. De março até agora, foram registrados 60 milímetros de chuva no município de Poço Verde e no campo, as máquinas não param. Jaime Trindade tem pressa. Já arou os 10 hectares onde vai plantar milho. Poço Verde hoje se destaca pelo cultivo do grão. São 17 mil hectares, 10% a mais que no ano passado, mas o município já foi o maior produtor de feijão do estado. “Começa pelo preço do ano passado, que não foi atrativo, consequentemente, no ano seguinte, o produtor desanima de plantar. Fora isso, a colheita do feijão dá muito mais trabalho no período de colheita e o produtor prefere investir no milho, que é uma cultura mais fácil de ser trabalhada”, explica Luís Alberto Souza, técnico agrícola. Nos galpões, estão guardadas as sementes que vão para a terra assim que cair a próxima chuva. Se o tempo continuar ajudando, daqui a duas semanas, 8 mil quilos de sementes de milho vão para a terra, quase o dobro do que foi plantado no ano passado. O investimento foi feito pelo agricultor Antônio Farias, motivado pela colheita do ano passado e pela chegada da chuva na hora certa. "Se Deus ajudar que este ano seja igual o ano passado vai ser bom para o sertanejo, de barriga cheia, com saúde e paz", diz.