Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Produção de veículos cai 3,6% em março, diz Anfavea

No mês, foram produzidas 271,2 mil unidades, segundo a associação. No trimestre, produção caiu 8,4% sobre o mesmo período de 2013.

Produção de veículos cai 3,6% em março, diz Anfavea A produção brasileira de veículos caiu 3,6% em março sobre fevereiro, para 271,2 mil unidades, informou a associação que representa o setor, Anfavea, nesta sexta-feira (4). No trimestre, a produção teve queda de 8,4% sobre o mesmo período de 2013, para 789,9 mil unidades, pressionada por fracos resultados de março enquanto montadoras sentem efeito de um mercado interno retraído aliado com queda de exportações. Foram registradas quedas em todos os segmentos de veículos: carros e comerciais leves, caminhões e ônibus. A fraqueza no início deste ano já tem se refletido em readequações de nível de produção entre montadoras, incluindo a Mercedes-Benz, que identificou excedente de 2.000 trabalhadores em sua fábrica de caminhões e chassis de ônibus em São Bernardo do Campo iniciando preparativos para um Programa de Demissão Voluntária (PDV). Os segmentos de carros e comerciais leves e de caminhões tiveram quedas anuais de produção de 18% cada um, com o primeiro somando 254 mil unidades e o segundo 13,7 mil. O movimento ocorreu apesar de nova queda na participação dos veículos importados no total das vendas, que encerrou março em 16,5%, ante nível de 18,1% em fevereiro e 17,6% em março de 2013. As vendas de veículos novos no mês passado - que contou com o feriado do carnaval tirando dois dias úteis do período de licenciamento - foram de 240,8 mil unidades, recuo de 7% sobre fevereiro e de 15% sobre março de 2013. No trimestre, os licenciamentos recuaram a 812,8 mil veículos, queda de 2,1% sobre os três primeiros meses de 2013. Já as vendas externas no trimestre, que incluem máquinas agrícolas, tombaram 15,3%, para US$ 2,9 bilhões. Apenas em março, as exportações caíram 2,9% sobre fevereiro e despencaram 26,3% sobre o mesmo mês de 2013, para US$ 990 milhões, segundo os dados da Anfavea.