Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Variedade nova de uva é aposta de agricultores de Pilar do Sul, em SP

Principal característica da variedade é a doçura. Ao todo, 20 agricultores do município trabalham com a fruta.

Variedade nova de uva é aposta de agricultores de Pilar do Sul, em SP Uma nova variedade de uva é aposta de agricultores de Pilar do Sul, em São Paulo. Eles estão há sete anos aperfeiçoando o manejo para atingir maior grau de doçura nas frutas. João da Cruz fica de olho na lavoura todos os dias. Tanto cuidado é para garantir o perfeito desenvolvimento da uva pilar moscato. São quatro hectares plantados com essa variedade, que tem como principal característica a doçura. A expectativa é tirar da lavoura 40 toneladas de uva, o dobro da produção do ano passado. O parreiral é coberto com uma tela, uma proteção para evitar pássaros e granizo. Durante três meses, os cachos ficam protegidos com um saco de papel especial contra umidade e têm ainda uma cobertura plástica. A distância entre uma linha e outra é de 40 centímetros, para melhorar a incidência da luz solar, o que aumenta a quantidade de açúcar na uva. A colheita, que começou em janeiro, só termina no fim de abril. Os cachos só são retirados dos pés quando atingem 18% de teor de açúcar. A uva é doce como mel, não tem semente e tem bastante polpa. O índice de açúcar é medido por um equipamento chamado refratômetro. Para saber se a uva está no ponto, um texte é feito em um gomo da parte de cima do cacho, que é mais doce, e em outro de baixo. As frutas de variedades comuns costumam ter no máximo 14% de açúcar, as da pilar moscato passam de 20%. A variedade é uma mutação espontânea de uva itália. Ao longo de sete anos, produtores do município aprimoraram as técnicas de manejo e descobriram que para chegar ao tamanho desejado e ao sabor diferenciado é preciso produzir menos em cada pé. Com tantos cuidados específicos, o custo de produção hoje é até três vezes maior do que nos parreirais de variedades mais comuns. Em Pilar do Sul, 20 agricultores trabalham com essa variedade. Pelo quilo da uva pilar, eles estão recebendo R$ 15. A margem de lucro não é tão grande, mas no momento, os agricultores estão interessados em divulgar a variedade, com a expectativa de que os preços subam mais na próxima safra. A produção é vendida para mercados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.