Cadastre seu e-mail e receba dicas úteis, novidades e muito mais. O cadastro é fácil e rápido.

Acompanhe as novidades

Preço do café em alta estimula os produtores do Espírito Santo

Do início do ano até agora, o valor da saca subiu mais de 20%. De olho no mercado, muitos produtores decidiram ampliar a lavoura.

Preço do café em alta estimula os produtores do Espírito Santo A alta no preço do café conilon está deixando os agricultores um pouco mais otimistas. Do início do ano até agora, o valor da saca subiu mais de 20%. De olho no mercado, muitos produtores do Espírito Santo decidiram ampliar a lavoura. A área de Rodrigo Rigo já começou a ser preparada. Ele vai ampliar a lavoura de café conilon de 110 mil pés para 130 mil plantas. O dinheiro para investir chegou esta semana, com a venda do que estava armazenado. A propriedade fica em São Gabriel da Palha, noroeste do Espírito Santo, uma das principais regiões produtoras deste tipo de grão no Brasil. O cafeicultor conseguiu vender a saca por R$ 250. No início do ano, a saca do tipo 7 era vendida por R$ 211, nesta semana passou de R$ 260, uma valorização de 23%. Mesmo com esse aumento, muitos produtores decidiram não vender o café agora. Na maior cooperativa de conilon do estado, a Cooabriel, a movimentação continua a mesma. O estoque é de 250 mil sacas, igual ao registrado em março do ano passado. A colheita do conilon, no Espírito Santo, começa em maio. Dário Martinelli decidiu esperar para comercializar. Ele tem 80 mil pés plantados e das 1,3 mil sacas que colheu no ano passado, 300 ainda estão no armazém. "Com o mercado aquecido, a tendência é que o preço sempre se reajuste para cima", diz.